O movimento milionario dos casinos

Desde os últimos anos, principalmente a partir de 2001, os casinos em Portugal aumentaram sua receitas gradativamente, onde obtiveram, em contagem bruta, mais de duzentos e setenta milhões de euros. Devido às leis que atualmente existem no país e regem a distribuição e exercício dos jogos, quase cinquenta por cento deste valor total  foi recebido pelo Estado. Entretanto, segundo alguns especialistas da área, o Estado poderia arrecadar ainda mais, se nao fosse o caso de existirem os casinos ilegais, seja no modo online ou físico.

Vale ressaltar que Portugal possui, economicamente tratando, condições mais positivas que os demais países europeus. O sucesso deve-se ao fato de que não somente o jogo é tratado nos locais e/ou websites, mas sim uma atmosfera completa de entretenimento. Não se trata somente de locais para colher alguns contos, mas sim divertir-se em tempo livre.

Regiões com os casinos mais populares.

Atualmente existem inúmeros casinos por todo o país, e além disso, outros tantos no modo online. Metade das casas físicas estão distribuídas nas cidades de Lisboa e Estoril, nas quais já entregaram diariamente milhões em prêmios para os apostadores.

O mais famoso Casino de Lisboa teve sua inauguração em meados de 2006. Além de todo o espaço dedicado aos jogos, ainda conta com um salão de eventos. Em Estoril, o grande Casino também conta com diversas opções para entretenimento, no qual tem o artista Julio Cesar em sua direção.

Das glamourosas casas de jogos as opções online.

Talvez pelo conforto ou mesmo pela economia de tempo, ultimamente os apostadores passaram a utilizar em maior demanda os jogos online do que os casinos físicos. A junção dos dois setores no primeiro trimestre ultrapassaram os três milhões de euros, sendo que este número significa aproximadamente sessenta por cento a mesma época no ano anterior. Ainda falando em números, existem registros de quase noventa mil jogadores em websites. Para o SRIJ (Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos do Turismo e Portugal), o Estado poderá se beneficiar de aproximadamente onze milhões de euros oriundos dos pagamentos das taxas ou impostos no qual agora, é obrigatório por leis, para que os empresários possam exercer este tipo de negócio.

A seguranca como premissa no momento de optar por um jogo.

Um grande número de cidadãos portugueses estão adotando a política de jogo consciente e cada vez mais buscam por websites ou então casas regulamentadas, de modo a garantir o sucesso em suas apostas.

Os apostadores realmente passaram a possuir maior sensibilidade no que diz respeito às diferenças entre jogar conscientemente ou deixar que a ambição pelo dinheiro obtido nesta atividade os torne adictos.

Esta postura, sem a menor sombra de dúvidas, passou a acontecer após aos jogos responsáveis desenvolvidos por casinos onlines.